segunda-feira, 3 de outubro de 2011

A Bolha - Um Passo a Frente (1973)


Fundada no Rio de Janeiro, a Bolha, conhecido como "The Bubbles" na época, teve um inicio conturbado devido a troca constante de integrantes, assim dificultando a criação de uma identidade da banda. Os seus primeiros passos foram seguidos de um instrutor, pois não havia gravações próprias neste período, apenas reproduções de hits famosos, como "Honey Pie" e "Ob-La-Di, Ob-La-Da" dos Beatles. A participação no cenário musical continuava discreta com gravações de trilhas para filmes além de registros de compactos sem repercussão.
Salvos por Jards Macalé que convidou a banda para tocar com Gal Costa em uma turnê em Portugal, A Bolha ficou marcada pela influência musical de diversos ícones em sua estadia na Europa. O contato com bandas consagradas, como The Doors, The Who, Jimmy Hendrix tornaram a banda mais fervorosa, tornando-a mais agressiva. Além deste estímulo, conheceram Caetano Veloso e Gilberto Gil exilados em Londres, ampliando assim o repertório musical. No retorno ao Brasil, a banda estava cintilante e prontos para criação do primeiro disco. As primeiras gravações foram as faixas "sem nada/18.30 (Parte I) e "Os Hemadecons Cantavam em Coro Chôôôôôôô (ambas bônus deste disco, exclusivas deste link).
Neste tempo eles foram convidados para participar do album de Leno, "A vida e Obra de Johnny McCarteney", produzido por Raul Seixas. A reputação da banda se elevava e assim eles produziram a obra que levou a nome de "Um passo a frente". Eles também decidiram trocar o nome da banda, abrasileirando o "The Bubbles". O disco é marcado pelo toque progressivo, que vivia seu auge no inicio dos 70, com faixas absurdamente lindas. Apesar disto, há um preenchimento de outros viés musicais, como a faixa "Razão De Existir" com uma pitada mais suave de rock n' roll.
A formação clássica e a emblemática improvisação nas musicas provam que a banda se preocupava com a estética do padrão progressivo, mas criava seu perfil de acordo com as experiências adquiridas ao longo da sua história. O rock brasileiro não se destacou na decada de 70, comparado com anos posteriores que contaram com a ajuda da mídia para ser divulgado, além de eventos organizados para sua propagação, mas isso não significa que a música era inferior, de pior qualidade. Estas bandas foram fundamentais para o rock se consolidar neste país e com isso formar a nossa rica cultura que mistura elementos de todos os cantos.

Bom, aqui vão as faixas do disco seguido do link para baixar (nos comentários, segunda as regras):

1. Um Passo A Frente
2. Razão de Existir
3. Bye My Friend
4. Epitáfio (Epitaph)
5. Tempos Constantes
6. A Esfera
7. Neste Rock Forever
8. 18.30 - Parte I (Bonus)
9. Os Hemadecons Cantavam Em Coro (Bonus)

Boa viagem!

4 comentários:

Vinícius Veríssimo disse...

http://www.mediafire.com/?udw1nfpsmtl

Robson Raeder disse...

De início, parabéns pelo blog, aproveito para indicar a Revista Curitibana - http://revistacuritibana.blogspot.com/ (meu blog) ,e que tem uma proposta semelhante a do Saqueano. Se gostarem, coloquem na lista de links. Este é um álbum bem interessante, sem falar que o vinil é raríssimo, valendo a postagem e o link para baixar. Um abraço

Anônimo disse...

rolar um UP? thanks

dona moça disse...

aí galera,


http://www.4shared.com/zip/PQnP0h11/um_passo_a_frente__1973__-_a_b.html