quinta-feira, 2 de setembro de 2010

Jeff Beck - Truth (1968)


Algum dia, nesse blog eu falei de uma banda chamada Yardbirds, e como dela saíram três dos melhores guitarristas ingleses, entre eles, Jimmy Page, do Led Zeppelin e Eric Clapton, do Cream, que vai ser meu próximo post, já que eu acabei de perceber que não tem Cream no saqueando.
Bom, do Yardbirds também saiu Jeff Beck, esse dito cujo seguiu carreira solo e montou uma bandinha em 1968. Consistia em resumo dele próprio, na guitarra, o baixista era ninguém mais que Ronnie Wood, sim, o guitarrista dos Stones, na bateria sentava-se Micky Waller e nos vocais estava escalado um cantor que viria a ficar famoso hoje em dia com umas músicas meio água com açúcar, um tal de Rod Stewart. Esse é o Jeff Beck Group.
O disco também é famoso em função dos músicos convidados. O guitarrista de estúdio em ascensão, ninguém menos que o previamente citado Jimmy Page. Também o baixista, pianista e multiinstrumentista John Paul Jones, também futuro Zeppelin na ocasião, já que o disco foi gravado em agosto, entre o último show dos Yardbirds e o primeiro do The New Yardbirds, vulgo Led Zeppelin na turnê da Escandinávia (mais informações neste post). Tocou também o pianista Nicky Hopkins, que performou com vários artistas, entre eles os Beatles, os Stones, Kinks, The Who e até Jefferson Airplane. Por fim, mas também incrível o baterista Keith Moon, do The Who, talvez o melhor baterista de Rock'n'Roll de todos os tempos tocou na música "Beck's Bolero". Tudo isso viria a ser amarrado pelo produtor que também trabalhou com The Animals e Suzi Quatro.
Tendo isso dito, o que eu trago aqui não é nada menos que um dos maiores discos de música popular da história. Traz algumas músicas emblemáticas como "Beck's Bolero", gravada em 1966, alguns blues como "You Shook Me" de Willie Dixon, "Rock My Plimsoul" do próprio Beck e de Rod Stewart.
Enfim, baita pérola que, se eu fosse você, não abriria mão de ter.
Por sinal, o disco foi lançado de novo recentemente com faixas bônus que não estão inclusas no upload.

Faixas:
  1. "Shapes Of Things" 3:21
  2. "Let Me Love You" 4:44
  3. "Morning Dew" 4:43
  4. "You Shook Me" 2:31
  5. "Ol' Man River" 4:02
  6. "Greensleeves" 1:50
  7. "Rock My Plimsoul" 4:14
  8. "Beck's Bolero" 2:25
  9. "Blues De Luxe" 7:30
  10. "I Ain't Superstitious"
Aquele abraço que eu vou viajar no feriadex
Fica o link nos comments

2 comentários:

Lampeão disse...

http://lix.in/-867dc5

Ricardo Côrte Real disse...

Esse disco foi o empurrão final que eu levei prá entrar de cabeça no Blues, mudar o nome da banda que eu tocava e mudar meu jeito de tocar prá sempre.