sábado, 24 de abril de 2010

B.B. King & Jimi Hendrix - The Kings' Jam (1968)


Depois de ter sido possivelmente saqueado por leis de pirataria, que não incentivamos aqui de forma alguma, trago a vocês um bootleg do grande Hendrix, só que dessa vez eu coloco ao lado do deus da guitarra o rei do blues. Sim, senhoras e senhores lhes trago um disco ao vivo no qual Jimi Hendrix e B.B. King (Acompanhados Pela Paul Butterfield Band, Elvin Bishop e Al Kooper) compartilham palco e tocam um sonho de blues, rock&roll R&B e soul.
O disco gravado no dia 15 de abril de 1968 é um show que ocorreu no Generation Club, de Nova Iorque traz uma coletânea de músicas e jams muito bem tocadas pelo duo. Hendrix e B.B. King formam uma dupla muito conexa e bem acompanhada por um teclado cheio de soul, a bateria de improvisos e solos bem colocados e com tempo impecável, o baixo é algo que impressiona pelos fraseados improvisados que solam sob a guitarra e mostram um universo musical diferente já na primeira música.
Essa primeira sonzeira é uma outra homenagem de Hendrix para o divisor de águas Bob Dylan, exatamente, "Like A Rolling Stone", achou que eu ia dizer "All Along The Watchtower" né? solos de guitarra impressionantes dão um contorno mais pesado ao clássico do rock&roll e country de Dylan. Em seguida há uma música que ficou intitulada no disco como "Blues Jam #1 Part 1" e essa primeira parte da primeira jam tem 19 minutos de sons inimagináveis das mãos de todos os músicos. Típico dos shows de B.B. King, e um pouco diferente das performances de Hendrix todos os músicos solam e mostram que cada um, no seu distinto instrumento, também é um grande músico, atenção especial ao solo de teclado, o baixo tem uma linha pegada e com soul até dizer chega. Quando os guitarristas se dispõem a solar também precisamos tirar o chapéu e ficar calados por esses quase 20 minutos de música, e por favor, não faça como os DJ's da agora infame Kiss FM que costumam cortar os solos de grandes músicas no meio, e escute a música inteira. Em seguida vem a "Blues Jam #1 Part 2" com psicodelia de hendrix em solos de wah wah e efeitos de guitarra. Em seguida há uma apresentação de músicos, a quarta faixa do disco. Contiunemos agora com uma introdução brilhante de órgão, para um blues lento e melancólico, a nossa quinta faixa "Blues Jam #2 - Slow Blues Part 1" mais uma lição de blues que eu posto aqui nesse infame blog. em seguida a sexta faixa é a continuação desse blues lento, mas que promete muito show de guitarras e gaita. A sétima música é um novo Blues, dessa vez mais rápido, um rock&roll claro. Encerramos esse brilhante disco com um blues "It's My Own Fault B.B. King assume os vocais e mostra por que é o melhor bluesman do pós segunda guerra mundial.
Esse já é um bootleg relativamente famoso. Mas é com certeza algo que todo mundo precisa ter no computador, uma jam session cheia de soul e que é um marco. A Kings' Jam, como ficou conhecido o disco, é um grande momento da música mundial. Compartilho com vocês um dos eventos mais individuais da década de 60.

Faixas
  1. "Like a Rolling Stone" (Bob Dylan) 8:00
  2. "Blues Jam #1 Part 1" 18:57
  3. "Blues Jam #1 Part 2" 6:11
  4. "Introduction by B.B. King 1:01
  5. "Blues Jam #2 Part 1 - Slow Blues Part 1" 4:45
  6. "Blues Jam #2 Part 2" 13:26
  7. "Blues Jam #3" 3:29
  8. "It's My Own Fault"(B.B. King) 8:37
Link nos Comments

4 comentários:

lampiao disse...

http://www.4shared.com/file/MogeVW8h/Generation_Club_New_York.html

Adair Carvalhais Júnior disse...

Obrigado.

nathalieborges disse...

Olá
Viva pelo blog!parabéns!
Este link não abre...
sorte aí,
Nana ibiti

nathalieborges disse...
Este comentário foi removido pelo autor.