domingo, 25 de abril de 2010

Gilberto Gil - 'Nêga" ou "Gilberto GIl 1971" (1971)


Boa tarde, bom final de semana a todos!
Em 1971, depois de ser preso em 69 pelo regime militar, e de uma turnê nos EUA Gilberto Gil gravou um disco em inglês, um disco de rock&roll com muitas versões tropicais de músicas gringas. Um dos discos mais interessantes de Gil que nos traz um som funkeado, com guitarra, violão, um baixo pegadíssimo percussão e bateria (quase nada da última) intrigantes acompanham, ditam o ritmo, e contornam o que é um dos discos mais incríveis da música brasileira, cheio de influências do Rock'n'Roll inglês e americano, que curiosamente saiu de catálogo para as gravadoras.
O disco inicia com a faixa título, "Nêga (Photograph Blues)" um blues de violão e baixo funkeado e uma guitarra de blues acompanhados por Gilberto Gil cantando e uma queixada no fundo como a única percussão da música inteira. Em seguida "Can't Find My Way Home" é uma linda balada de violão executada pelo grande Gilberto Gil e muito bem cantada, é, aliás, uma boa lição de canto para quem gostar de ouvir, é calma e bem levada, o falsetes agudos e o feeling da música na voz do intérprete brasileiro é algo brilhante. A seguir a terceira faixa "The Three Mushrooms" parece um hino de psicodelia e viagens é um ensaio de pirações do músico brasileiro com percussão brasileira uma música que soa como uma balada fica mais agitada quando o violão acelera e vira uma grande junção de sons, solos e a música fica linda com todos os sons misturados, vale à pena escutar até o fim. "Babylon" é um belo roquenrou seguinto a mesma levada de violão e percussão, o grande destaque fica mesmo para os vocais do Gil, mais de um canal de voz, um barato sonoro doidão. Enfim, isso resume basicamente o que será o disco inteiro. Fica o destaque para o FODIDO roquenrou que é "Crazy Pop Rock" guitarra distorcida batida acelerada, baixão doidera, som louco do nosso ex-ministro, antes da segunda estrofe entra a bateria invocada e funkeada. Os sambas (se não samba-rocks) "Mamma" e (lá vem um belo nome) "One O'Clock Last Morning, 20th April 1970" cantam a saudade do Gil daqui da nossa terra que via nos verdes lindos campos de lá o mar daqui. Vão ainda três versões ao vivo de um show que eu não sei o que é e como são dez para as duas da manhã minha energia não foi o suficiente para encontrar informações, mas são as músicas "Can't Find My Way Home", de Steve Winwood, "Up From The Skies" de Jimi Hendrix e "Sgt. Peppers Lonely Hearts Club Band" dos Beatles.
Bem, o que dizer? É um disco mais que digno de ser baixado e esse aqui é essencial. É um post meu que eu parei mais ou menos na terceira faixa e de lá pra cá mudei bastante minha forma de escrita. Tomara que para melhor.
Putz, baixa aí, na maior.

Faixas:
  1. "Nêga (Photograph Blues)" 5:40
  2. "Can't Find My Way Home" 5:17
  3. "The Three Mushrooms" 5:39
  4. "Babylon" 4:20
  5. "Volks Volkswagen Blues" 4:06
  6. "Mamma" 3:48
  7. "One O'Clock Last Morning, 20th April 1970" 4:36
  8. "Crazy Pop Rock" 4:11
  9. "Dos Pés à Cabeça" (Ao Vivo) 4:27
  10. "Can't Find My Way Home" (Ao Vivo) 6:35
  11. "Up From The Skies" (Ao Vivo) 5:12
  12. "Sgt Peppers Lonely Hearts Club Band" (Ao Vivo) 9:35
Tem um link lá nos Comments

2 comentários:

lampiao disse...

http://kvckmr.link-protector.com

Lampeão disse...

http://lix.in/-82d155