segunda-feira, 28 de dezembro de 2009

Madeira de Vento - Chovendo Canivetes (2003)




Depois do Minasax e do Amsterdam Loeki Stardust Quartet, é a vez do quinteto de clarinetistas Madeira de Vento aparecer por aqui, embora com atraso em relação aos posts dos meus colegas Batista e Bonel. Com quatro clarinetes e um clarone, o grupo iniciou seu estudo pela produção musical do instrumento no Brasil no ano 2000, e de certa maneira essa pesquisa se apresenta como um tributo aos grandes clarinetistas do país, como Paulo Moura, Luís Americano, entre muitos outros. O resultado desse trabalho é o único disco Chovendo Canivetes, lançado em 2003, que além dos músicos João Francisco Correia, Fernando de Oliveira, Michel Moraes, Mário Marques e Otinildo Pacheco, tem também a participação do grupo de choro paulistano Isaías e seus Chorões, Paulo Sérgio Santos e Naylor “Proveta” Azevedo, consagrados clarinetistas.
O álbum não é simplesmente uma coletânea de choros tocada por instrumentistas exímios – pois todos os cinco músicos principais são excelentes – mas é uma sequência de melodias agradáveis, que só pelo repertório não poderia ficar monótona. Nas faixas, os clarinetes fazem música erudita conversar com chorinho, trazendo elementos alegres a um instrumento que por natureza combina com composições melancólicas. A sétima faixa, por exemplo, Tributo a K-Ximbinho: Ternura/Catita/Sempre, começa apenas com os sopros, e aos poucos entram as cordas, dando lugar à percussão depois da metade da faixa, quando muda a melodia. O homenageado no caso é clarinetista, saxofonista e maestro Sebastião de Barros (K-Ximbinho), compositor das três músicas da faixa, cuja produção é principalmente dos anos 50 e 60. 
Chovendo Canivetes é, desse modo, um recorte de composições que construíram uma das identidades da música brasileira executadas cuidadosamente por ótimos músicos. 

Faixas:
1. Estes são outros quinhentos (Luís Americano)
2. Caindo das Nuvens (Nabor Pires Camargo)
3. Nenê (Domingos Pecci)
4. Murmurando (Otaviano Romero; Mário Rossi)
5. Chorando no Choro (Antonio Porto Filho)
6. Chorinho da Tula (Pedro Silveira Neto)
7. Tributo a K-Ximbinho; Ternura/Catita/Sempre (Sebastião de Barros)
8. Um chorinho pra você (Severino Araújo)
9. Domingo no Orfeão Portugal (Paulo Moura)
10. Pedrinho no Coreto (Naylor Azevedo)
11. Chorando Baixinho (Abel Ferreira)
12. Chovendo Canivetes (Hudson Nogueira)
13. Impressões Brasileiras (Fernando de Oliveira)



Link nos comentários.

3 comentários:

Sallem disse...

http://www.mediafire.com/?otzyhozmgin

Batistti disse...

SUPREMO!

Arnaldo de Carvalho disse...

bom nome do blog...
o link ta inválido :(