terça-feira, 29 de dezembro de 2009

Sweet Smoke - Just a Poke (1970)

Olha, fiquei meio que sem palavras pra esse disco da primeira vez que eu o ouvi. Primeiramente porque se trata de um disco interessantíssimo, de musicalização bela e elaborada, difícil de definir. Posso citar influências óbvias, mas dizer o que é isso é bem complicado.
O Sweet Smoke surgiu no fim da década de 60. Eram alguns jovens que gostavam de rock e jazz e queriam misturar os dois ritmos num só, enquanto lançavam um contraponto aos hippies americanos. O jazz fusion já existia, seria bem pouco original da parte deles seguir essa onda. E existiria solução melhor que incrementar o som com um groove bem bacana do funk negro? Ah, meus caros, mas é claro! Acrescentar a isso as raízes do folk norte-americano! Coisa demais? Não, ainda falta a psicodelia sessentista que todos aqui amamos. E o resultado? Sweet Smoke, simplesmente. Uma banda bacana e um disco maravilhoso com uma capa porreta.
Alguns dizem que o tempero define o sabor da carne. Pode ser um fato, mas se a carne não for de qualidade, o prato continua sendo um lixo. Não é possível imaginar nenhum detalhe aqui presente num diferente conjunto. Tudo se encaixa perfeitamente, como aquele quebra-cabeça de 2000 peças que você, caro leitor, está tentando montar na mesa da sala de jantar há três meses. A obra final é de sentir orgulho!
O disco só tem duas faixas, suítes épicas de 16 minutos, ambas de arrancar lágrimas dos olhos. "Baby Night" é um resumo da magia que a música era para os membros da banda e para seus ouvintes. As belas flautas na introdução, o baixo alucinante e a cantoria à Jethro Tull merecem destaque. "Silly Sally" tem uma pegada mais jazzeira, mas não perde a originalidade. Aliás, os solos longos aqui chegam a lembrar um pouco o Iron Butterfly, só pra cês verem a variedade de estilos que cabem num só long play.
Enfim, são 32 minutos dignos de serem gastos com a audição dessa maravilha aqui. Além do mais, gostaria de ressaltar que a capa dessa budega é uma verdadeira obra de arte! É arte visual e auditiva, meus amigos!

Faixas:
1. Baby Night
2. Silly Sally

(link nos comentários, camaradas!)

2 comentários:

Phil Bones disse...

http://www.megaupload.com/?d=JLNXCIS0

peguei esse link do blog Venenos do Rock. custa nada comentar, só pra manter a autoria dos caras.

Fuzzer disse...

Links em torrent:

http://thepiratebay.se/torrent/4938577/Sweet_Smoke_-_Jast_A_Poke_-_1970 [em FLAC]

Pra converter em MP3 é só usar qualquer programa de conversão de audio, como o fre:ac, http://www.freac.org/ , ou outro de sua preferência.